top of page
Home: Blog2
  • Foto do escritorRita Cardoso

Aurora Borealis

"A aurora polar é um fenómeno óptico composto de um brilho observado nos céus nocturnos nas regiões polares, em decorrência do impacto de partículas de vento solar com a alta atmosfera da Terra, canalizadas pelo campo magnético terrestre. Em latitudes do hemisfério norte é conhecida como aurora boreal (nome baptizado por Galileu Galilei em 1619, em referência à deusa romana do amanhecer, Aurora, e Bóreas, deus grego, representante dos ventos nortes). Ocorre normalmente nas épocas de Setembro a Outubro e de Março a Abril. Em latitudes do hemisfério sul é conhecida como aurora austral, nome baptizado por James Cook, uma referência directa ao fato de estar ao Sul."  by Wikipédia  😂😂


Pois é, tivemos o privilégio de assistir ao espectáculo que são as auroras, as Northern Lights! Longe de tudo o que eu imaginava, ali estavam elas, por cima de nós enquanto estávamos a trabalhar. Claro que nesse dia foi dia de ir à caça delas para melhor apreciar este acontecimento, pegámos no carro e na Catarina e no Alex e aí fomos nós. Com a sugestão de um dos guias, seguimos para sul, para o lago Kleifarvatn, pertinho do parque geotermal de Krýsuvík. Podia dizer-vos que é uma zona lindíssima e o lago também e descrever tudo à volta, mas para ver auroras é precisa muita escuridão e como tal, quase não se via nada à frente (um dia volto lá com luz solar). Estavam lá algumas pessoas já à espera, e nós também fomos ficando. Vimos uns clarões esbranquiçados desenhados no céu, ora um pouco mais intensos, ora um pouco menos, ficámos um pouco aborrecidos do frio e de ser "só aquilo". Assim que nos metemos no carro (parecia que estavam a gozar connosco, eis que os maiores clarões apareceram com alguns tons diferentes do branco que tínhamos visto, mas mesmo assim não ficámos satisfeitos. Demos a noite por encerrada e voltámos para casa, até que 5 minutos depois, sim, apenas 5 minutos depois de entrarmos no carro, eis que apareceram no seu esplendoroso espectáculo de breves minutos. Sim, que este espectáculo é efémero por vezes, tem uns minutos de actividade muito intensa em que podemos ver o verde, o rosa, o roxo, todas aquelas lindas cores e depois termina abruptamente tal como começou. E estas cores desenham-se no céu de forma tão rápida, como se dançassem, nunca imaginei que fosse assim. Maravilhoso! Duas noites depois, elas voltaram a aparecer novamente por cima de nós enquanto trabalhávamos e foi lindo vê-las tão intensas naquele momento, mágico até! Acabado o turno, correr para casa e procurar o sítio mais pertinho a pé (sem carro neste dia), com a esperança de que voltassem a aparecer. Nem 500 metros andámos e fomos para um miradouro aqui pertinho e esperámos esperámos esperámos, e elas malandras aparecem sempre quando estamos a decidir ir embora! E novamente, aquela dança de cores foi-nos presenteada!! Digo-vos, é um privilégio poder assistir a este espectáculo tão diferente do que se possa imaginar!

(Ainda estou a aprender a tirar fotos às Auroras com as definições certas da câmara, não é fácil, por isso estas fotos não são as que melhor representam as Auroras, pode ser que tenha a sorte de as ver muitas vezes para treinar!!)

Fotos de Março e Abril de 2017


Update 14.01.20 - já não tiro fotos tão más como antes, eheh, deixo agora umas fotos mais bonitinhas.


Janeiro 2019
Setembro 2019
Setembro 2019

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


Tens perguntas?

  • instagram

Segue-me no Instagram

Thanks for submitting!

Iceland
Home: Contact
bottom of page