top of page
Home: Blog2
  • Foto do escritorRita Cardoso

Picos da Europa - dia 2

Atualizado: 26 de nov. de 2022

(English below)


Naquela manhã, durante o pequeno almoço deparámo-nos com umas pequenas dificuldades técnicas, a torradeira não queria trabalhar e o café não se queria fazer. Tendo o melhor electricista a bordo, tentou-se perceber qual seria o problema e o mais provável seria um fusível. Como íamos visitar Santander nesse dia, resolver-se-ia o problema por lá.


Chegámos a Santander já perto da hora de almoço e por conseguinte, a hora da siesta, o que significa que tivemos de aguardar até às 16h horas para poder ir comprar um fusível para substituição. Enquanto isso aproveitámos para almoçar e conhecer e visitar a cidade. Visitámos a Catedral, demos um passeio pelo jardim e ainda fomos espreitar as ruas principais. A catedral é bastante bonita e tem um claustro aberto e um jardim, vale a pena a visita apesar de não ser imperdível.



Quando as lojas reabriram, comprámos o fusível e lá voltou tudo a funcionar como devia. Já teríamos torradas e café para o pequeno almoço seguinte.


Ao fazer o caminho de volta para o Parque Natural, a estrada e a paisagem complementavam-se em cada curva e contracurva, ao olhar para cima viam-se as grandes paredes de rocha, e por vezes acompanhando-nos seguia um curso de água, de um azul incrível, havia vegetação por todo o lado e até cabras nas encostas mais íngremes.



Foi um dia com menos exploração dos Picos em si, mas ainda fomos fazer o reconhecimento do que haveríamos de ir fazer no dia seguinte e com base nisso escolher o melhor sítio para parar a caravana essa noite. Resolvemos parar em Las Arenas, pois iríamos visitar Bulnes na manhã seguinte e precisávamos ir bem cedo para arranjar estacionamento para a caravana.


 

That morning, for breakfast, we faced some technical difficulties, the toaster was not working and neither the coffee machine. Having the best electrician on board, we tried to find what the problem was, and the most probable cause was a fuse. As we were going to visit Santander on that day, we would fix the problem there.

We arrived to Santander close to lunch time, and that means it was siesta time, the stores would only reopen around 4 pm so we could buy the replacement fuse. Meanwhile we enjoyed our time having lunch and visiting the city. We went to Santander Cathedral, we walked in the garden and we also went to the main streets.

The Cathedral is really nice and has an open cloister and a garden, it’s worth a visit but it’s not unmissable.

When the stores reopened, we bought the fuse and everything just came back to life as it should. We would have toasts and coffee for the next breakfast.

Going back to the Natural Park, the road and the landscape complemented each other in each turn, if we looked up, we could see big rock walls and sometimes we had a river making every turn with us, with such a deep blue, vegetation everywhere and even goats on the steepest hills.

We explored less the park on this day, but we still went to discover what we would do the next day and choose the best place to stop the caravan for the night. We decided to stay at Las Arenas, as we would visit Bulnes the next morning and we needed to be there really early to get a parking spot to the caravan.


Posts recentes

Ver tudo

Comments


Tens perguntas?

  • instagram

Segue-me no Instagram

Thanks for submitting!

Iceland
Home: Contact
bottom of page